Archive for category Just thinking…/ Apenas pensando…

Quando o vidro quebra

Meu maridinho lindo me acordou com um beijo doce e uma frase: “Querida, eu acidentalmente quebrei o vidro e eu não posso limpar porque eu não quero acordar as crianças”.

“Sério? Você tem certeza que eu que vou ter que limpar a bagunça? Oh Meu Deus!

Sabe aqueles dias quando você não está esperando nenhuma mudança em sua rotina, mas de repente o vidro de água quebra? Em questão de segundos o que quer que você estava planejando desceu por água abaixo e é hora de limpar os cacos.

Como o vidro havia quebrado perto da geladeira e do fogão, eu decidi que tinha que movê-los para limpar embaixo de ambos. Então eu me lembrei que há um tempo atrás eu tinha movido o fogão e havia um buraco enorme atrás dele. Além disso, tinha uma fiação elétrica horrorosa que estava despencada na parede. E por fim, a sujeira nojenta. É claro que quando eu vi da primeira vez, eu não mencionei aos caras da “manutenção”. Eu fingi ser cega e limpei atrás do fogão e o coloquei de volta. Lá estava eu ​​novamente, mas desta vez além da limpeza eu tinha que fazer algo sobre isso e pedir aos rapazes para consertá-lo.

Isso me fez pensar sobre os buracos que temos em nossas vidas, nossas almas. Quantas vezes nós não queremos enfrentar o nosso próprio quebrantamento? Ou, talvez, quando algo dentro de nós quebra, durante a limpeza, encontramos esta enorme confusão que só poderia ser vista se tivéssemos retirado alguma coisa.

Às vezes vemos a “coisa” e não queremos nos preocupar em mencionar a ninguém para nos ajudar a consertar. Nós sabemos que está lá, mas somos demasiados “preguiçosos” para obter ajuda para consertá-lo. Então fechamos os olhos para o “problema” e continuamos com nossas vidas. No entanto, se outro rompimento surgir, temos de enfrentar aquela “coisa” de novo e lidar com ela. Será que devemos fechar os olhos novamente, ou devemos deixar que alguém venha e nos ajude a consertá-lo?

“Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância “(João 10: 10b).

Advertisements

Leave a comment

Minha Caminhada

Foto por Jill Nobles 

Hoje estava pensando sobre a vida.  Estava pensando nos altos e baixos, nas fases que passamos, nas pessoas que conhecemos, nos que vão e nos que ficam (que são muito poucos por sinal).

Esses dias pra trás assisti dois filmes muito interessantes que me levaram a refletir em algumas coisas.  Assistir o Machine Gun Preacher, que aborda a história verídica de um ex-traficante que recebe um chamado que muda completamente a história de sua vida.  Ele passa de ex-traficante para resgatador de órfãos no Sudão. Filme excelente!

Me fez pensar em como muitas vezes acho que tenho “grandes problemas”.  Me fez pensar que os “pequenos problemas” são mais fáceis de resolver do que o que eu imagino.  Me fez parar pra pensar em como está minha caminhada.  Claro que infelizmente, como tremenda pecadora que sou, fiquei querendo caminhar outra caminhada. Uma caminhada que hoje não é a minha.  E nem sei se será no futuro.  Depois caí na real e vi que o filme foi meio que um abrir dos olhos e uma inspiração de vida de alguém.  Eu posso ter aquilo como um referencial, mas não devo querer viver aquela caminhada.

O outro filme, “The Joneses”, conta a história de uma falsa família perfeita.  Uma família que é invejada pelo próximo.  O que acontece então é que os outros acabam querendo sempre manter as aparências só por causa daquela falsa família perfeita.  Esse é outro problema.  Quando começo a desejar imensamente a vida do outro, ou o que o outro tem, isso torna-se um peso imenso em minha vida.  Até chegar um momento de frustação por não ser o outro ou ter algo que ele/a tenha.

Quando não caminho a minha caminhada, minha vida vira um reflexo retorcido de mim mesma. Eu até posso caminhar com o meu próximo um pouquinho, ou ter alguém junto a mim na minha caminhada.  Porém não posso fazer disso algo constante.  O único constante é que eu devo caminhar com Jesus.  Quero caminhar a minha caminhada e ser extremamente feliz com ela.

Cada um tem sua caminhada. O mais importante é você caminhar a sua caminhada e não a do outro. Seja feliz na sua linda caminhada!

, , ,

Leave a comment

É sobre eles

– Mamãe, posso brincar com você, posso?

– Mamãe, posso deitar com você, posso?

– Mamãe, posso comer com você, posso?

– Mamãe, posso ficar com você, posso?

Tem sido as frases que mais escuto do meu filho. Todos os dias e toda hora.

Hoje estava pensando na importância da maternidade na vida dos filhos. E ultimamente sendo bem sincera estava na verdade saturada dessa grande benção. Não que não ame meus filhos incondicionalmente. E mesmo que as vezes gostaria de ter um tempinho só pra mim, quando o tenho me sinto incompleta. Mas a verdade é que não quero mais ficar somente elevando o cansaço e desgaste dessa jornada, quero poder viver essa experiência e me alegrar no fato de que não é sobre mim mais e sim sobre eles.

Eles me fazem melhor a cada dia. É através deles que me conheço melhor e enxergo meus defeitos e qualidades. Sou moldada nessa jornada a cada dia. Quero viver cada dia o mais intenso possível. Quero poder experimentar as brincadeiras com eles e aprender a ser como eles. Quero entrar nas imaginações e também fazer parte de suas histórias.

A vida não é somente sobre mim, mas sim sobre eles.

Sei que em breve serei eu que vou pedir:

– “Filho, posso conversar com você só mais um pouquinho, posso?”

Leave a comment

Thursday / Quinta-Feira

In my opinion, Thursday is the global overtiredness day.  I think is because is the day that precedes Friday, and the weekend.  The good news is that my hubby is home on Fridays and weekends, which help a lot.  The hard part is to know that I’ll be going to work on Friday morning.  Nothing better than to put the kids down to sleep before 8 pm on a Thursday night, and hope they’ll sleep until 8 am the next day.  The so desired shower that will last more than 10 minutes, because there is this false impression that nobody will wake up to call my name.   It is the utmost desire for silence that I want to invade this house, which sometimes I think could last until 10 am of the next day.

These are the few hours I have prior to the weekend.  It is that time to come to the Internet, or call someone (never mind, because this silence speaks louder than a phone call), or not to study, or just seating at the couch, or read a book, or write, or only to be myself.  It is my precious time to be in the silence, very quietly, listening very softly to the background music that plays in the nursery room.

It is the time to review the weekly pictures and completely forget how intense this week has been.  It is the pleasure to indulge myself with the beautiful images of my kids, that only a mother thinks so.  Sometimes, I think that mothers don’t see ugliness.  For them all of their children are the most beautiful children in the world.  At least that’s what I think about my children.  Then times pass by and I see those old pictures again and think – Do I really think my children were so beautiful as I thought? Or was that my eyes could see only mother’s love?

It is that wishful feeling, that I know will last a few hours, until the youngest one wakes up, but that it is so necessary for the survival of a tired mother.  Then the tiredness is passing softly in this quiet and so marvelous Thursday night.

Image

Quinta-Feira pra mim é o dia mundial da exaustão.  Acho que é porque é o dia que antecede a Sexta-Feira, e com ela o fim de semana.  O bom é que o maridão fica em casa na Sexta-Feira e no findis, o que ajuda imensamente.  O duro é saber que daí, eu é que vou pro trabalho na sexta de manhã.  Mas nada como colocar as crianças pra dormir antes das 8 da noite na quinta-feira,  e torcer para que eles acordem somente depois das 8 da manhã do outro dia.  Aquele banho tão sonhado que vai poder durar um pouco mais de 10 minutos, pois existe uma falsa impressão de que ninguém vai acordar pra chamar. É o imenso desejo do silêncio que invade a casa, que as vezes penso que poderia durar até as 10 da manhã do dia seguinte.

São as poucas horinhas que tenho antes do pre fim de semana.  É o tempinho de vir na Internet, de ligar pra alguém (apesar que não, pois esse silêncio fala mais alto do que um telefonema), de não estudar, de sentar no sofá, de ler um livro, de escrever, de ser apenas eu.  É o meu tempinho de estar no silêncio, bem quietinha, ouvindo o som que toca bem baixinho no quarto das crianças.

É o tempinho de ver as fotos da semana e esquecer completamente da semana tão intensa.   É poder me deliciar nas imagens tão lindas dos filhos, que só uma mãe acha.  As vezes penso que mãe não enxerga feiura nos filhos.  Para elas todos os filhos são os mais lindos deste mundo.  Pelo menos é isso que acho dos meus quando os vejo.  Mas daí o tempo vai passando e vejo as fotos de antigamente e penso de novo, será que eles eram tão lindos assim como eu pensava?  Ou será que os meus olhos enxergavam apenas com amor de mãe.

É aquela doce ilusão, que eu sei que vai durar poucas horas, até que o mais novo acorde, mas que é necessária pra sobrevivência de uma mãe cansada. Então a exaustão vai passando de mansinho nessa calma tão gostosa de uma noite de quinta-feira.

, , , , ,

Leave a comment

Fracasso/ Failure

Sábado me senti uma fracassada.
Não apenas por ter usado palavras desagradáveis com o amor da minha vida, mas também por ter tirado a pior nota que já tirei na faculdade … F

Semana passada foi uma semana muito difícil pra mim. Tive que abdicar de ficar com os meus meninos pra poder estudar. E o tempo que dediquei ao estudo parece não ter feito tanta diferença na nota da prova.

Fiquei arrasada, mas por ter discutido com meu bem, e ter deixado os meninos a mercer da TV.

Graças a Deus pelo reconhecimento em pedir perdão e em perdoar. Pois somos falhos e necessitamos da graça de Jesus Cristo.

O fracasso no teste não vai me impedir de continuar sonhando e realizar o sonho professional.

Sei que posso fracassar novamente, mas não deixarei que isso me impeça de sonhar.

Queridos David e Caleb,
as vezes na vida nós nos sentimos fracassados, mas em Cristo vocês são mais que vencedores.

“Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou”. (Romanos 8:37)

Last Saturday I felt like a failure.
Not only for saying unpleasant words for the love of my life, but also for taking the worst grade I ever took in college … F

Last week was a very difficult week for me. I had to give up time with my boys to be able to study. And the time I devoted to the study seems not to have made much difference in test score.

I was devastated, especially for argued with my love, and for let the kids watching more TV than usual.

Thank God for the recognition in asking for forgiveness and to forgive. We are flawed and need the grace of Jesus Christ.

The failure of the test will not stop me of dreaming and realize this dream.

I know I fail again, but it will not stop me from dreaming.

Dear David and Caleb,
Sometimes in life we feel unsuccessful, but in Christ you are more than conquerors.

“In all these things we are more than conquerors through him who loved us.” (Romans 8:37)

Leave a comment

Exhausted/ Exausta

It’s only 7:45pm and I feel exhausted. I feel as if I have been beaten. David put himself to bed at 6:00 pm ish. That’s how tired he was. God knows what time he is getting up tomorrow. I hear people saying that one day I’ll be missing those days, but I don’t know. I wonder if they say that to make you feel better about this time.
I think I might be home sick, or maybe overwhelmed by all of the pressure from college. I might be too worried about my upcoming big test that I haven’t even sign up for, but it will come and I have to prepare for that.

Caleb is a cutie!! So adorable playing on his pack and play while I am sitting at my bed and write. I am feeling blue today, and this week, and that’s why I need to write.

My mom had her second surgery, and once again I cannot be there to help her out and take care of her. Although my father and brother are taking care of her, I wish I could help somehow.

As a mother, I am learning how to appreciate more my parents, and every effort they had to make to raised me. I think they did a pretty good job. I never smoked anything, nor get involved with drugs, nor crime, never danced naked on “Carnaval”. I married an AWESOME husband, and God was gracious enough to give us two adorable boys!

I was never the smartest at school, nor the “princess”, nor the “odd”. I think I can say that I was “average”. I really tried my best to be good friends with others.

Life is great as it is. My boys are growing up healthy and handsome. I really do my best to spend time with them and take care of them. I think that is why I feel exhausted all the time.

Got to go now, baby is crying.

Hope I can get all my late assignments before I go to bed tonight.

São apenas 7:45 da noite e eu me sinto exausta. Eu me sinto como se tivesse apanhado. O David foi dormir por ele mesmo as seis em ponto. Pra você ver como ele estava cansado. Deus sabe que horas que ele vai acordar amanhã. Eu ouço as pessoas disserem que eu ainda vou sentir saudades desses dias, mas eu não sei não viu. Eu fico pensando se eles não falam isso só pra que a gente se sinta um pouco melhor sobre esse tempo. Eu acho que estou com saudades de “casa” (no meu caso do meu país), ou talvez esteja abarrotada e oprimida por todas as pressões da faculdade. Talvez eu esteja preocupado com meu future teste que eu ainda nem me registrei pra tal, mas que um dia vai chegar e eu tenho que estar preparada.

O Caleb é um docinho!! Tão fofinho brincando no seu bercinho desmontável enquanto eu estou sentada na cama e escrevo. Estou me sentindo tristinha hoje, e essa semana, e é por isso que preciso escrever.

Minha mãe teve sua segunda cirurgia, e mais uma vez eu não pude estar lá pra ajudá-la e cuidar dela. Mesmo que meu pai e irmão estejam cuidando dela, eu gostaria de poder ajudar de alguma forma.

Como mãe tenho aprendido a valorizar mais os meus pais, e todo o esforço que eles fizeram pra me criar. Eu acho que eles fizeram um bom trabalho. Nunca fumei nada, nem me envolvi com drogas, nem crime, nunca dancei pelada no Carnaval. Eu casei com um marido MARAVILHOSO, e Deus foi gracioso o suficiente e nos concedeu dois filhos adoráveis!

Eu nunca fui a mais inteligente da escolar, nem a “patricinha”, nem a “estranha”. Eu acho que posso dizer que fui igual a maioria, “normal”. Eu realmente tentei o meu melhor pra ser uma boa amiga dos outros.

A vida é maravilhosa como é. Meus filhos estão crescendo saudáveis e lindos. Eu realmente dou o meu melhor pra passar tempo com eles e cuidar deles. Eu acho que é por isso que me sinto exausta o tempo todo.

Tenho que ir agora, o bebê está chorando.

Espero que eu consiga fazer todos os meus para casa antes de ir pra cama.

Hope I can get all my late assignments before I go to bed tonight.

Leave a comment

Agora eu entendo/ Now I know

Tem uma eternidade desde que eu entrei neste blog abandonado. A vida tem sido extremamente ocupada com um filho de quase 3 anos de idade e um bebê de 9 meses de idade.
Eu amo ser mãe de tempo integral.
Tem sido estressante ser um estudante de tempo parcial.
Tenho desfrutado trabalhar uma vez por semana … realmente ajuda a liberar o stress.
E ainda sou apaixonada com o amor da minha vida, mas sinto falta das noites de cinema, saídas e férias.

Existem coisas que você só vai saber quando você realmente está vivendo.

Antes de ter uma casa cheia, eu tinha tempo para fazer tantas coisas, mesmo tempo para fazer nada.
Agora as 24 horas parecem mais curtas do que antes.
O limpezas cessaram e o tempo livre não existe mais.

Embora eu não faço algumas das coisas que eu costumava fazer, estou feliz e agradecida pelas mudanças da maternidade.

Meu foco principal agora é ter a certeza de que meus filhos não vão machucar um ao outro.
É sério! Esta é a minha principal preocupação, mantê-los saudáveis e vivos.

O restante virá mais tarde.

It has been forever since I had checked this forsaken blog. Life is extremely busy with an almost to be 3 years old son and a 9 months old baby.

I love to be a full time mom.
It is kind of stressful to be a part time student.
I am enjoying having to work once a week … it really helps to release the stress.
I am still in love with the love of my life, but missing the movie nights, dates and vacations.

There are some things you will only know when you actually are living.
Prior to having a full house, I had time to do so many things even time to do nothing. Now the 24 hours seem shorter than before.
The cleanings have ceased and the time off doesn’t exist anymore.

Although I don’t do some of the things I used to do, I am happy and thankful to these motherhood’s changes.

My main focus now is to make sure my children won’t hurt each other.
Seriously! This is my main concern, to keep them healthy and alive.

The rest will come later.

Leave a comment